quinta-feira, 30 de junho de 2011

SEMINÁRIO ENCERRA COM VÍDEO DO CHICO ANÍSIO NO JÔ

Presidente Ari Alano se despede e agradece a atenção de todos.

INTERVALO NO SEMINÁRIO ("COFFE BREAK")

Após exposição do superintendente Regional do Ministério do Trabalho/SC, Carlos Artur Barbosa, participantes do Seminário fazem uma pequena parada para um café.
Logo retornam.

SUPERINTENDENTE DO MINISTÉRIO DO TRABALHO/SC, CARLOS ARTUR BARBOSA, FALA NO SEMINÁRIO

O superintendente do Ministério do Trabalho e Emprego/SC, Carlos Artur Barbosa (foto), faz uma exposição sobre as atividades da Superintendência no Estado, especialmente sobre o trabalho do SINE - Sistema Nacional de Empregos, do Governo Federal. Dá dados sobre os volumes de emprego. Foram criados no Pais, segundo ele, 2.860 empregos. Santa Catarina é responsável por 111 mil vagas. "Mas isso significa o estoque do emprego", explica Barbosa, para explicar que os dados devem ser vistos com reservas. Cerca de 900 mil trabalhadores foram demitidos. São números gerais, que estão disponíveis do site do MTE e que devem ser analisados e bem entendidos por todos, especialmente os dirigentes sindicais.

PRESIDENTE DA FORÇA SINDICAL DE SANTA CATARINA, OSVALDO MAFRA, FALA NO SEMINÁRIO

Dirigente da Central Força Sindical/SC, Osvaldo Mafra (foto), da qual faz parte a Federação dos Metalúrgicos de SC, faz exposição sobre atividades da Força no Estado e pede mobilização dos sindicalistas metalúrgicos catarinenses.

CONFIRA ALGUNS VÍDEOS DO SEMINÁRIO

video

video

video

video

MAIS ALGUMAS IMAGENS DO SEMINÁRIO - SEGUE PALESTRA SOBRE CONTABILIDADE COM PARTICIPAÇÃO DOS CONVIDADOS

 
 

COMEÇA A PALESTRA SOBRE "RESPONSABILIDADE CIVIL x CONTABILIDADE"

Após o almoço, reiniciam-se os trabalhos do Seminário. Inicia a palestra de Adilson Bächtold (foto), contador da Federação dos Trabalhadores Metalúrgicos de Santa Catarina, com o tema “Responsabilidade Civil x Contabilidade”.

ALGUMAS IMAGENS DO SEMINÁRIO

 
 
 
 
 
 

SEMINÁRIO, AGORA, ABRE DEBATE SOBRE ALTERNATIVAS DA REFORMA POLÍTICA

Depois de assistirem os dois vídeos (Luiz Henrique da Silveira e Esperidião Amin), com depoimentos sobre as alternativas propostas para a reforma política, os participantes abrem o debate sobre o tema.
O presidente, Ari Alano, faz alguns comentários e questiona o jornalista Marcelo Fernandes (foto) a respeito do financiamento público de campanha e pede que faça algumas considerações sobre o tema.
Marcelo discorre sobre a matéria. Entende que são complexas as tesas contra e a favor. Dá sua opinião sobre os dois sistemas (financiamento público e privado), os dois oferecem vantagens e desvantagens, mas inclina-se pelo financiamento público. No entanto, acha que a troca, pura e simples, não atingirá seus objetivos de melhorar o sistema e deixá-lo mais justo. Antes de mudá-lo, acredita que outras modificações precisam ser feitas. Um dos destaques que faz, como premissa para chegar-se ao financiamento público, é um aperto maior sobre a fidelidade partidária, deixando os partidos mais fortes e os candidatos com menor "apetite" em ganhar simplesmente eleições.
O jornalista valoriza as lutas de agora, acha que já foi feto muito, mesmo reconhecendo que na linha da história, muito pouco se avançou. No entanto, ressalta ele, fomos e ainda somos os protagonistas de nossa história e precisamos continuar lutando para que nossos bisnetos vejam e vivam num País melhor e mais justo. Ainda destacou a importância de eventos como este - que provoca a maior politização e informa os formadores de opinião, possibilitando que estes se transformem em agentes diretos da mudança e das transformações que precisamos fazer. Isso começa com os debates, os questionamentos e a participação efetiva de todos nas eleições periódicas que o País conquistou. As mudanças começam com melhores parlamentares eleitos e o permanente acompanhamento de seus mandatos.
Ao final das considerações do jornalista, houve o intervalo para o almoço oferecido a todos pela Federação dos Trabalhadores Metalúrgicos de SC.

SEMINÁRIO CONTINUA..., AGORA LHS

Depois de assistirem o depoimento em vídeo do deputado federal Esperidião Amin, agora, os participantes do Seminário "A Reforma Política e os Trabalhadores" começam a acompanhar o depoimento do senador Luiz Henrique da Silveira.
Agora, no Blog.
video

COMEÇAM OS TRABALHOS DO SEMINÁRIO! PRIMEIRO VÍDEO COM AMIN.

Seminário da Federação sobre "A Reforma Política e os Trabalhadores" inicia.
O presidente da Entidade, sindicalista Ari Alano,abre o evento fazendo uma exposição sobre a Federação, a Confederação e as expectativas para este ano.
Logo após, o jornalista Marcelo Fernandes - coordenador do Evento, faz um breve relato dos trabalhos que serão desenvolvidos e dá um rápido depoimento sobre a importância desta discussão para a Classe Trabalhadora.
Valdir Provesi, diretor financeiro faz breve informe para os participantes.
Começa a exibição dos vídeos.
Os participantes assistem os dois vídeos dos ex-governadores Esperidião Amin (deputado federal PP/SC) e de Luiz Henrique da Silveira (senador PMDB/SC).
Confira aqui.
video
Seminário faz um breve intervalo para "coffe-break".
Retomados os debates no Seminário.

Deputado Pedro Uczai não comparece ao Seminários

A assessoria do deputado federal petista, Pedro Uczai, informou no início da manhã à organização do Evento que o parlamentar não poderia comparecer. Os motivos ainda não foram divulgados. Tão logo tenhamos mais informações sobre esta ausência, vamos informar aqui.
O Seminário começa.

COMEÇA EM INSTANTES O SEMINÁRIO "A REFORMA POLÍTICA E OS TRABALHADORES"

Dirigentes metalúrgicos já reunidos no Hotel Itaguaçu, em Florianópolis.
Em instantes, evento se inicia.
Depoimentos de Luiz Henrique da Silveira e Esperidião Amin e a palestra do professor Pedro Uczai.
Estremos atualizando o Blog ao longo do Evento.

quarta-feira, 29 de junho de 2011

SEMINÁRIOS/2011 DA FEDERAÇÃO DOS TRABALHADORES METALÚRGICOS DE SANTA CATARINA

A REFORMA POLÍTICA
E OS TRABALHADORES
video
NESTE DIA 30, QUINTA
HOTEL ITAGUAÇU - FLORIANÓPOLIS
- Atualizações a todo instante sobre o Evento aqui no Blog!!

A oportunidade dos Seminários - CONFIRA O PROGRAMA

O Ano de 2011 é um ano diferente dos demais, dos que passaram e dos que virão. É, digamos, o ano certo para as coisas importantes acontecerem.

Nos anos anteriores, tivemos as experiências com o governo Lula, quando se conquistou muito, mas temas difíceis, tensos e obrigatórios foram deixamos de lado. O calor da conjuntura, o tráfego intenso de matérias fundamentais, as lutas políticas e as eleições foram alguns dos obstáculos que deixaram represadas questões macro, como as reformas política, eleitoral, tributária/fiscal, trabalhista/sindical, entre outras.
Com o governo Dilma consolidado politicamente e livre do estigma do governo novo, estas colocadas sobre a mesa os grandes debates e desafios que esperaram tanto tempo para serem trazidos ao campo das decisões.
Por estas razões básicas, os trabalhadores brasileiros são chamados a dar o sinal de vanguarda nestas discussões intransferíveis. Neste sentido, a Federação dos Trabalhadores Metalúrgicos de Santa Catarina coloca-se nesta posição de frente – como sempre fez com sua Categoria.
Os Seminários 2011 serão um dos fóruns de avaliação e balizamento para sustentar os embates no Congresso Nacional frente às reformas.
Se queremos um Brasil mais justo, de real valorização da Classe Trabalhadora, o futuro já começou. Cá estamos, nesta primeira edição dos Seminários 2011, propondo a discussão “A Reforma Política e os Trabalhadores”.

Programa do Evento:
09:00h – Chegada dos convidados e participantes ao local.
09:10h – Abertura do Evento.
09:15h – Composição da Mesa Diretora.
09:25h – Abertura dos Trabalhos com palavra do presidente.
09:35h – Palestra do professor Pedro Uczai, Deputado Federal do PT/SC, sobre a Reforma Política no Brasil. (cerca de 50min).
10:30h – Intervalo para café (“coffe-break”) (15min).
10:45h – Reprodução dos vídeos de depoimento sobre Reforma Política:
- Luiz Henrique da Silveira, senador do PMDB/SC (10 minutos).
- Esperidião Amin, deputado federal do PP/SC (10 minutos).
11:05h - Considerações dos participantes sobre a Palestra/vídeos.
11:15h -  Espaço para manifestação dos integrantes da Mesa Diretora.
11:30h – Encerramento dos trabalhos no turno da manhã.
12:00h – Almoço oferecido pela Federação aos participantes/convidados.
14:00h – Reinício dos trabalhos no turno da tarde.
14:40h – Palestra de José Lourival Klein, contador da Federação dos Trab. Metalúrgicos de SC. Tema: “Responsabilidade Civil x Contabilidade”. (50min).
15:30h – Considerações dos participantes sobre a Palestra.
15:45h - Intervalo para café (“coffe-break”) (15min).
16:00h – Leitura, discussão e aprovação da Carta dos Metalúrgicos e a Reforma Política no Brasil, a ser entregue ao Fórum Parlamentar Catarinense composto pelos representantes de SC no Congresso Nacional - 16 deputados federais e os três senadores da República.
16:50h – Informes finais da Diretoria da Federação.
17:00h – Encerramento do Seminário.

terça-feira, 21 de junho de 2011

SEMINÁRIOS/2011: EVENTO VAI TRAZER LUIZ HENRIQUE DA SILVEIRA, ESPERIDIÃO AMIN E PEDRO UCZAI

Estarão participando do debate sobre "A Reforma Política e os Trabalhadores, além dos dirigentes metalúrgicos de Santa Catarina e convidados nacionais e estaduais, os parlamentares Luiz Henrique da Silveira - senador PMDB/SC e ex-governador/SC, Esperidião Amin - deputado federal PP/SC e ex-governador/SC, e Pedro Uczai, deputado federal PT/SC.

 
Luiz Henrique e Amin darão depoimentos - via vídeo e Uczai será o palestrante desta primeira edição dos Seminários/2011.

FEDERAÇÃO INICIA PRIMEIRA EDIÇÃO DOS SEMINÁRIOS 2011!

Acontecerá no Hotel Itaguaçu, em Florianópolis, a partir das 9 da manhã e se desenvolve ao longo do dia.